Domingo, Setembro 15, 2019

Notícias

No próximo dia 10 de abril, será realizada a primeira edição do Exame de Suficiência 2016 do Conselho Federal de Contabilidade (CFC). Cerca de 50 mil pessoas passarão pelo teste, que, este ano, tem uma série de medidas com o intuito de aprimorar a avaliação dos candidatos.

A principal mudança foi o aumento do número de questões sobre contabilidade geral, que passou de 15 para 21 itens, e a redução de seis para três itens de contabilidade de custos.

A prova passa a ter duas questões de Português e de Ética. Antes, eram três itens de cada. Outros temas abordados são contabilidade aplicada ao setor público, contabilidade gerencial, controladoria, noções de direto e legislação aplicada, matemática financeira e estatística, teoria da contabilidade, princípios da contabilidade e normas brasileiras de contabilidade, auditoria contábil e perícia contábil.

O Exame de suficiência é elaborado pela FBC, composto por 50 questões e busca aferir o conhecimento mínimo para o pleno exercício da profissão. A aprovação no exame é indispensável para a obtenção do Registro Profissional. Mais informações podem ser obtidas no site da Fundação Brasileira de Contabilidade (FCB), o www.fcb.org.br , ou no do Conselho Federal de Contabilidade (CFC), o www.cfc.org.br.


Fonte: Jornal Contábil

Quinta, 31 Março 2016 17:21

MDF-e será obrigatório a partir do dia 4

Escrito por

 

Mudanças na emissão do MDF-e (Manifesto Eletrônico de Documentos Fiscais). A partir do próximo dia 04, ela será obrigatória para todos os contribuintes que emitem notas fiscais eletrônicas modelo 55, nas operações interestaduais, onde o emitente é o responsável pelo transporte, seja em carro próprio ou por transportador autônimo. A medida está prevista no Ajuste NINIEF 21/2010.

O Projeto MDF-e tem como objetivo a implantação de um modelo nacional de documento fiscal eletrônico que venha substituir a sistemática atual de emissão do documento em papel, com validade jurídica garantida pela assinatura digital do emitente, simplificando as obrigações acessórias dos contribuintes e permitindo, ao mesmo tempo, o acompanhamento em tempo real das operações comerciais pelo Fisco.

De acordo com o gestor operacional Linaldo Menezes, a obrigatoriedade trará mais segurança a agilidade para o cliente. “Vai permitir um controle maior e melhor das informações, já que os clientes não tinham total acompanhamento de todas as notas que eram emitidas. Além disso, vai diminuir o tempo dos motoristas no posto fiscal durante a fiscalização da mercadoria, já que as informações estarão digitalizadas”, explicou.

Quem deve emitir?

O MDF-e deverá ser emitido por empresas prestadoras de serviço de transporte, para prestações com mais de um conhecimento de transporte ou pelas demais empresas nas operações, cujo transporte seja realizado em veículos próprios, arrendados ou mediante contratação de transportador autônomo de cargas, com mais de uma nota fiscal. A partir de agora, será aplicada uma multa correspondente a 4% do valor total da mercadoria no veículo, cado o MDF-e não seja emitido.

 

Está acabando o prazo. A entrega da declaração do Imposto de Renda 2016 (ano-base 2015) precisa ser feita até o dia 29 de abril, às 23h59min59seg.

Se for feita à 0h de 30 de abril, já é considerado atraso, e o contribuinte terá de pagar multa de 1%  do imposto devido ao mês. O valor mínimo é de R$ 165,74, e o máximo é de 20% do imposto devido.

Em Pernambuco, 160 mil declarações já foram recebidas pela Receita Federal.

Se você ainda não fez a sua, saiba as condições exigidas para que seja emitido o documento:  

- Recebeu mais de R$ 28.123,91 de renda tributável no ano (salário, por exemplo); ou

- Ganhou mais de R$ 40 mil isentos, não tributáveis ou tributados na fonte no ano (como indenização trabalhista); ou

- Teve ganho com venda de bens (casa, por exemplo); ou

- Comprou ou vendeu ações em Bolsas; ou

- Recebeu mais de R$ 140.619,55 em atividade rural (agricultura, por exemplo) ou tem prejuízo rural a ser compensado no ano calendário de 2015 ou nos próximos anos; ou

- Era dono de bens de mais de R$ 300 mil; ou

- Vendeu uma casa e comprou outra num prazo de 180 dias, usando isenção de IR no momento da venda.


Com informações do Uol

 

A Contatos Contabilidade promoveu, nesta quinta-feira (23), um café da manhã para clientes com o objetivo de apresentar o benefício do Banco do Nordeste. Trata-se do cartão FNE, criado pelo banco para facilitar a aquisição de bens e insumos financiados com o Fundo Constitucional de Financiamentos do Nordeste - FNE.

Com o crédito rotativo do cartão pré-aprovado, é possível fazer a aquisição de bens novos (máquinas, equipamentos, veículos, móveis e utensílios), matérias-primas, insumos e mercadorias. Profissionais do Banco do Nordeste estiveram presentes para explicar mais detalhes e esclarecer todas as dúvidas dos clientes.

 

O encontro foi realizado na sede da Contatos Contabilidade.

Segunda, 21 Março 2016 08:32

Dicas para abertura de negócios sustentáveis

Escrito por

 

Para os empresários que estão pensando em ampliar os seus horizontes, encontramos no site da Revista Gestão & Negócios algumas dicas para você abrir o seu negócio sustentável. Confira:

- Conheça o seu eu empreendedor. Todos os seus pontos positivos e negativos, pessoais e profissionais.

- Para os pontos negativos, procure um sócio, um parceiro, um mentor ou um funcionário que complete essa lacuna.

- Para o ponto positivo, estimule mais, leia mais e potencialize ao máximo.

- Depois, coloque no papel qual a proposta de valor sustentável que você está oferecendo.

- Pesquise o mercado, entenda quem é o seu cliente/consumidor, veja o que ele busca e quais "dores" você vai sarar com esse produto ou serviço.

- Assim, verifique o processo produtivo do seu produto ou serviço para que tenha o mínimo de impacto ambiental e social, pois vai ficar meio estranho um produto ou um serviço mais sustentável e um processo que faz mal às pessoas ou ao ambiente.

- Aproveite a ecoeficiência para economizar mais.

- Busque pessoas que tenham o mesmo valor e causa para trabalhar contigo, seja como empregado, parceiro,fornecedor ou distribuidor.

- Os valores da empresa e pessoais têm que "ornar" com os valores dos clientes/consumidores e de todos os outros stakeholders.

- Comunique, divulgue, ou seja, eduque o máximo que puder.

- Venda, controle financeiramente com o auxílio contábil profissional, busque os frutos, reveja o plano de negócios, arrume e expanda (ou não).

E o mais importante: seja feliz e não perca os seus valores e causas iniciais!

Calendário

« Setembro 2019 »
Seg. Ter Qua Qui Sex Sáb. Dom
            1
2 3 4 5 6 7 8
9 10 11 12 13 14 15
16 17 18 19 20 21 22
23 24 25 26 27 28 29
30            

Logar

Voltar ao Topo